5 okk

Zopone Engenharia é a maior parceira da Huawei no Brasil


Os serviços prestados englobam instalações WL, MW, infraestrutura, Box Site e Optix Acess

3 okk

A Zopone Engenharia firmou seu primeiro contrato com a Huawei em abril de 2005, para atender a expansão da empresa Telemig, referente a sites turn key, no Triângulo Mineiro. De lá para cá, foram muitos serviços de instalações WL (Wireless) e MW (Microwaves), além de infraestrutura, Box Site e Optix Acess.

Apenas nos últimos três anos, a Zopone realizou mais de dez mil instalações para as operadoras Claro, Tim, Oi, Vivo, Sky e Nextel, com destaque para a regional de Brasília/Centro-Oeste.

“A Huawei enxerga a Zopone como uma empresa de grande potencial para atender em todo Brasil, imprescindível para que as metas sejam atingidas. Em todos esses anos de parceria, a Zopone demonstrou capacidade, com foco em segurança, qualidade e resultados”, ressaltou Diego Lopes, coordenador da regional.

Com nota “A” nas avaliações, a Zopone tornou-se o maior parceiro Huawei no Brasil.

“Com o início da implantação da tecnologia 5G no Brasil, com certeza a parceria entre a Huawei e a Zopone será ampliada, aumentando os negócios da empresa”, finalizou Lopes.

 

Integração Huawei

A Zopone Engenharia é pioneira no Projeto de Integração com a Huawei que visa automatizar o processo de recebimento e retorno de informações das P.Os (Purchase Order – Ordem de Compra).

As vantagens dessa automatização é melhorar a agilidade das informações e mantê-las sempre sincronizadas entre as duas empresas.

O projeto está planejado em três etapas:

  1. Recebimento de P.Os;
  2. Aceitação das PCAF (dentro do sistema da Huawei) e solicitação de faturamento (1ª ou 2ª parcela);
  3. Inserção de notas fiscais (INVOICE) e emitir a fatura.



Pintura ok

Entrega antecipada


Qualidade em todos os detalhes

O Edifício La Guardia, primeiro empreendimento vertical da Zopone/Z-Incorporações, localizado em Bauru – SP, foi construído em tempo recorde.

O residencial de alto padrão contempla projeto arquitetônico contemporâneo, exclusivo e sustentável, com aquecimento solar e coleta de água pluvial para reuso. A área de lazer do edifício possui salão de festas completo, sala de reuniões, fitness indoor, espaço gourmet, playground, piscinas e bicicletário.

“Desde os estudos iniciais para o La Guardia, as premissas foram para que desenvolvêssemos um projeto inovador e, ao mesmo tempo, racional e funcional. No apartamento adotamos uma planta versátil, com ambientes e circulações bem definidas. A fachada engloba materiais e matizes atuais, valorizando a volumetria e a arquitetura do edifício”, complementou Fernando Rivaben, arquiteto do escritório Rivaben.

No auge da construção, a Zopone/Z-Incorporações empregou 150 colaboradores diretos e contratados. “Foi um aprendizado constante a todos os envolvidos, o trabalho com novos materiais e técnicas construtivas, assim como os sistemas sustentáveis do edifício foram desafiadores. Além da superação por termos entregue mais esse empreendimento com excelência, antecipando a data contratual e reforçando dessa forma a confiança na Empresa”, comemorou Guilherme Quadros, coordenador da obra.

 

Dados:

Coordenador: Guilherme Quadros

Engenheiros civis: Marcelo Melendes e Larissa Benatti

Técnico de obras: Daniel dos Santos (civil) e José Salvador de Toledo (elétrica)

Mestres e Encarregados: José Raimundo e Vagner Cleiton

Planejamento: Jair Yossida e Vinicius Carvalho




DCIM100MEDIADJI_0008.JPG

Subestação Água Azul entra em operação cinco meses antes do prazo


Transmissora foi a primeira concessão obtida pela Zopone em leilão da ANEEL.

O mês de janeiro de 2019 vai marcar a his-tória da Zopone! A Subestação Água Azul, loca-lizada na Vila Nova Bonsucesso, em Guarulhos – SP, já está em operação. A obra, resultante do primeiro leilão de concessão conquistado por nossa empresa, foi finalizada em meados de ja-neiro e entrou em operação no dia 26, cinco meses antes do prazo acordado com a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL).
Para comandar a operação da subestação, foi criado um departamento até então inexis-tente na Zopone. Segundo o engenheiro Ricar-do Bustamante, Coordenador de Operação e Manutenção, foi necessário elaborar a filosofia de trabalho que seria adotada e criar as normas e procedimentos específicos. “Por se tratar de uma atividade nova dentro do Grupo Zopone, era imprescindível formar uma equipe com pro-fissionais experientes nas áreas de Operação e Manutenção de Subestações, que pudessem contribuir para criação de uma cultura própria na área de transmissão de energia elétrica ali-nhada à política de trabalho vitoriosa utilizada até então nas demais empresas do Grupo”, ex-plica o engenheiro.

Após a finalização das obras e início das ope-rações, Bustamante afirma que o maior desafio agora é manter a disponibilidade dos equipa-mentos ao Operador Nacional do Sistema Elé-trico (ONS) igual a 100 %, ou seja, oferecer um funcionamento ininterrupto. “Os desligamentos programados ou intempestivos acarretam redu-ção da receita. Uma má gestão dos indicadores de desempenho dos equipamentos pode levar as empresas a uma situação de inviabilidade finan-ceira”, ressalta. Nesse sentido, a meta da Zopone é apresentar Desligamentos Forçados (não pro-gramados) dos equipamentos igual a “zero”.

 




1

Zopone entrega Central de Laudelino dentro do prazo e das exigências do Cliente


A Empresa realizou toda a ampliação do prédio

A obra BRU-TIM Central Laudelino fica localizada em Curitiba – PR e foi iniciada em agosto/2016 e finalizada em dezembro/2017, cumprindo todas as exigências e prazos do Cliente.
A Zopone Engenharia realizou toda a ampliação do prédio industrial de Laudelino, desde a fundação até a cobertura, forneceu e instalou materiais e equipamentos elétricos, incluindo subestação de energia em média tensão com capacidade instalada de 3 MVA – 15kV, painéis de baixa tensão com capacidade instalada de 2.000 kVA, distribuição de energia de baixa tensão para 2.000 kVA, montagem de usina geradora com capacidade de 2.271 kVA, sistema de abastecimento de óleo diesel para os geradores, sistema de aterramento e SPDA, sistema de detecção de alarme, aspiração precoce e combate automático de incêndio.
“O nosso maior desafio foi realizar a obra de ampliação do prédio, nova subestação de energia e cobertura sem impactar no funcionamento da central da TIM”, relatou Flávio Detoie, coordenador deste contrato.

2

Responsáveis pela obra
Coordenador: Flavio Detoie
Engenheiro Civil: Neuci Valido e Ildefonso Andreatta
Engenheiro Eletricista: William Duarte
Engenheiro Mecânico: Arnaldo Malaquias
Mestre de Obras: Marcelo Santana
Encarregado Elétrica: Orozino Arias, Deny Bispo, Elias Jose e Douglas
Planejamento: Jair Yossida




Zopone Engenharia executa Estação Conversora de Xingu – Bipolo 2


A alta precipitação pluviométrica, o difícil acesso ao local e a logística de entrega de materiais são os principais desafios

A Zopone Engenharia participa da construção da Estação Conversora de Xingu AC/DC – 500/±800kV – 4.000MW – Bipolo 2, a segunda linha que vai abastecer a região Sudeste, levando energia gerada na Usina Hidrelétrica de Belo Monte diretamente para o Rio de Janeiro – RJ.

Com as mesmas características e construída em área ao lado do Bipolo 1, em Anapu – PA, a segunda subestação está em obras desde outubro de 2017 e tem previsão de término para 2019, sendo de propriedade da chinesa State Grid Brazil, pertencente à Xingu Rio Transmissora de Energia (XRTE).

Partindo de Anapu, a segunda linha atravessa 2.500 quilômetros por dezenas de municípios nos Estados do Pará, Tocantins, Goiás, Minas Gerais e Rio de Janeiro, chegando a Paracambi, onde a subestação transformadora recebe a energia e a transforma para ser redistribuída para o Sudeste.

A Zopone assina toda a obra de engenharia civil, que engloba drenagem pluvial, malha de aterramento, via de transferência, base dos transformadores, bacia dos transformadores, parede corta-fogo, construção de edifício de válvulas do polo 1 e 2, prédio de controle, sala de resfriamento de válvulas do polo 1 e 2, drenagem oleosa, sistema de hidrantes, casa do gerador, casa de rele, fundação para os filtros, equipamentos e pórticos dos pátios AC e DC, canaletas e envelopes para cabos de força e controle, cerca de fechamento, vias de acesso e sistema de abastecimento de água potável.

Nos serviços eletromecânicos, a Zopone vai executar a montagem dos transformadores conversores de 400kV e 800kV, montagem de suportes para equipamentos, montagem de pórticos metálicos, montagem de equipamentos do pátio AC e DC, montagem dos equipamentos na área dos filtros AC e DC, sistema de energia auxiliar 13,8kV, sistema de para-raio, lançamento de barramento flexível e rígido, montagem de infraestrutura para instalação de equipamentos nos edifícios de válvulas, edifício de controle, casa de rele, sala para sistema de resfriamento das válvulas, lançamento de cabos de força de alta tensão e cabos de controle.

Segundo o engenheiro civil Marco Rocha, do departamento de Planejamento, os principais desafios da empresa nesta obra envolvem a alta precipitação pluviométrica, o difícil acesso ao local e a logística de entrega de materiais.

Responsáveis pela obra:

– Coordenador Geral: Paulo Henrique Soares
– Coordenador Elétrica: Adilson Franco
– Coordenador Civil: João Castro
– Planejamento: Paulo Sant’Anna, César Deps
– Orçamento: Raphael Idalgo




30 anos Zopone site

Zopone Engenharia: 30 anos de solidez e excelência


A Zopone Engenharia completou, no último dia 6 de junho, 30 anos de empenho e dedicação dos irmãos Junior e Claudio Zopone. História de transformação de uma pequena empresa em um grupo com milhares de colaboradores e dezenas de realizações em obras de construção civil, do setor de energia e de telecomunicações.

Esta empresa familiar escalou com solidez o lugar de reconhecimento profissional entre as empresas do Brasil nas áreas em que atua. Cada quilômetro rodado por nossos motoristas, cada centímetro cúbico de concreto construído pelas mãos dos nossos Times nas obras, cada centavo pago aos nossos Fornecedores ou faturado aos nossos Clientes pela Administração, cada reunião promovida pela Diretoria, e por Coordenadores e Engenheiros com as equipes ou departamentos, entre muitas outras atividades, são fundamentais para que a Zopone esteja entre as maiores.

Dificuldades e problemas sempre fizeram parte do trabalho e sempre farão, mas precisam ser resolvidos. Não podem ser encarados como um problema “deste” ou “daquele” departamento. O lema deve ser “o problema é nosso!”. Antecipar-se em comunicar e oferecer uma solução pelo bem de todos pode fazer toda a diferença.

O sucesso tem sido de todos, pois fazer parte de uma Empresa de 30 anos com a solidez e o reconhecimento no mercado que a Zopone possui, é algo muito difícil de sustentar e que deve ser valorizado.

Parabéns, Zopone Engenharia!